᛫ᛎִֹׅׄ࣪‧ᐧ࣪․ּ̣࣪܂܁ﹾ࣭°ͦ˚˚˳༷̊ Wiki
Advertisement

Insilenciosamente externa

Vontade Fragmentar úmida

Coberto é o segredo

Seu segredo

Camadas de lã entrelaçada

Envolto pelo tecido

É deus

Um deus

Em todas as dirEções

Refletida n'água pura

Pioneiro de todos os panteões

Renasce, mas não morre

Estraçalhai-vos numa suRra

Omnipresentia absentia

Omniscientia absíntica

Intrínseca figura

Seca

Basca, basta

Arrasta

Quando queRes chuva

Monta-se o dispositivo

Matéria material e imaterial

De destruição em massa

Matriz dimensional.


Nas águas claras irrEcíprocas da vida há

Mistério, eleutério

Sobe desce cric crac

E cantado com polifonia

Espanta a garça, a graça

A fReguesia e a heresia


Seu nome, pois, é sagrado

Parte do contrato velado

Jamais! Jamais! 

É de ser arrebatado.

Ab.jpg